<div style='background-color: none transparent;'><a href='http://www.kontactor.com/' title='who'>where, what?</a></div>

DESRESPEITO AO CASO TELEXFREE; JUÍZA QUE BLOQUEOU A EMPRESA NO ACRE ACEITA RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESA DO G7.


Juíza que bloqueou a Telexfree no Acre, aceita Recuperação Judicial de empresa do G7

A mesma Juíza que bloqueou a empresa Ympactus por suposto esquema de pirâmide, e depois alegou que não sabe se é ou não, aceitou pedido de recuperação judicial de empresa do empresário envolvido no esquema G7, onde a Polícia Federal realizou uma devassa no mundo corrupto do Acre.





Para corrupto pode liberar a recuperação judicial e para o povo que trabalha com a empresa Telexfree não pode?

Justiça de dois pesos e duas medidas.
Prezados Amigos(as) Divulgadores(as) da TelexFREE;

Essa notícia é um tanto quanto antiga, quase de um ano atrás, mas sempre é bom não olvidar de como a banda toca do lado de lá.... Esse "companheiro" está de boa e feliz da vida com sua empresa em plena RJ às custas do dinheiro público desviado para alimentar o PTduto... E nós é que somos criminosos e eles sempre dentro da legalidade e cheio de provas que comprovam os crimes ainda recebem um prêmio da mesma juíza que no dia 07/07/2014 nos brindou com essa "justa decisão":

"Processo 0800224-44.2013.8.01.0001 - Ação Civil Pública - Fatos Jurídicos - RÉU: Y.C. - C.R.C. - C.N.W. - J.M.M. e outro - 1) Os réus solicitaram nas pp. 9.836/9.846 a revogação da decisão que concedeu antecipação de tutela, argumentando que o juízo não tem certeza sobre a ilegalidade da atividade da empresa, o que torna injusta a manutenção da decisão que tem caráter satisfativo. 

Porém, ao contrário do que assentam os réus, não há nenhum fato novo a justificar a reapreciação do pedido acautelatório, que foi acolhido liminarmente e mantido por ocasião da sentença proferida na ação cautelar preparatória. O conteúdo da entrevista mencionada pelos réus apenas reproduz, em linguagem coloquial e acessível aos jurisdicionados, o atual estado da presente ação coletiva e o fato da medida acautelatória haver sido proferida sob juízo de cognição sumária das provas existentes nos autos."

Decisões como essa me dão nojo e vontade de vomitar!! Não pela culpabilidade ou não da empresa, mas pelo completo absurdo da condenação prévia com danos irreparáveis, não para a empresa, mas a todos os divulgadores que trabalhavam na empresa e tiveram seus sonhos roubados e jogados na vala comum da ilegalidade SEM NENHUMA PROVA CONCRETA, SOMENTE, como ela mesmo diz na decisão proferida, JUÍZO DE COGNIÇÃO SUMÁRIA DAS PROVAS EXISTENTES NOS AUTOS, sendo assim não resisto em perguntar:

QUE PROVAS??? ALGUÉM PODERIA ME APONTAR ESSAS PROVAS?? Seriam as inteligências que executam as quatro operações matemáticas basilares para explicar uma empresa?? Os gênios da economia fracassados que sempre afirmam, mas nunca provam nada contra a empresa??

Somente "provas de cognição sumária" não justifica tamanha teratologia jurídica!!! Dia 05 de outubro está chegando e PRECISAMOS mudar!! Basta!

Fonte das informações : AC24horas

Mais informações »

BRASIL MARKETING MULTINÍVEL

" });