<div style='background-color: none transparent;'><a href='http://www.kontactor.com/' title='who'>where, what?</a></div>

TELEXFREE: SEM UM VEREDITO DO CASO DA EMPRESA NO BRASIL DIVULGADORES COBRAM UMA SATISFAÇÃO DA JUSTIÇA!


Há uma semana de completar um ano e meio da suspensão das atividades da Ympactus Comercial S/A (TelexFree) no Brasil e o bloqueio de bens da empresa e de seus sócios, pela juíza do Tribunal de Justiça do Acre, Thaís Borges, os Divulgadores continuam a espera de uma decisão.

O processo se arrasta a passos lentos, sem que a justiça se manifeste acerca da legalidade, ou não, das atividades da empresa. 

Problemas com IRPF



Não bastasse o prejuízo referente aos investimentos bloqueados, milhares de Divulgadores estão com problemas junto a Receita Federal, em decorrência de inconsistências nos valores declarados pela empresa e aqueles constantes no sistema da Receita.

“Minha Declaração de IR continua bloqueada na receita, porque a informação do IR recolhido na fonte e que informei no meu IR, não bate com a informação constante na DIRF”, comenta Filipe João.

Enquanto isso, a guerra judicial se prolonga, sem perspectiva de que haja, de fato, uma decisão favorável à devolução dos recursos aos prejudicados, até porque, a justiça dificilmente teria capacidade de aferir e identificar os reais prejudicados, uma vez que os cadastros eram feitos, muitas vezes, com dados falsos ou em nomes de terceiros.

A expectativa para uma decisão favorável aos Divulgadores é cada vez mais remota e os recursos bloqueados, especula-se, devem ser confiscados pelo Governo. 

Fonte da Informação: Acre Alerta

Mais informações »

TELEXFREE NO ACRE: Justiça do Acre mantém dinheiro da Telexfree bloqueado!


Telexfree é suspeita de ser pirâmide financeira. Decisão final ainda não possui previsão para sair.

Justiça decidiu manter bloqueio aos recursos da Telexfree




A 2ª Câmara Cível decidiu por unanimidade, em sessão realizada nesta sexta-feira (19), manter a ação cautelar que determinou o bloqueio de ativos financeiros dos investidores da Ympactus Comercial S/A , a Telexfree. Com isso, a empresa continua com as suas atividades suspensas em todo o país. A relatora do processo é a desembargadora Regina Ferrari.

Suspeita de operar uma pirâmide financeira, a Telexfree teve as atividades bloqueadas em todo o Brasil, em 18 de junho de 2013. Somente no Acre, estima-se que 70 mil pessoas participaram do negócio, conhecido como marketing multinível. O valor do montante bloqueado não foi divulgado pela Justiça.

De acordo com o Tribunal de Justiça do Acre, a Telexfree também continua impedida de novas adesões à rede, nem receber Fundos de Caução Retomáveis e Custos de Reserva de Posição. Além de ser proibida de vender kits de contas VOIP 99TeIexfree (ADCentral ou ADCentral Family), sob pena de pagamento de R$100 mil por cada novo cadastramento ou recadastramento.
Ainda segundo o Judiciário, não há previsão para que o caso tenha uma decisão final. A fase de perícia termina no começo de fevereiro de 2015, só depois disso a juíza responsável pelo caso poderá dar uma decisão.

FONTE: PORTAL G1

Mais informações »